30 de março de 2009

Beija-flores



Essa MULHER gosta de voar.
Mas não é com asas, pois não as tem.
Como dádiva, ou por mágica, não sei bem,
Talvez por amor à vida, ou porque vive da fé
E por um anjo é protegida,
Possui sandálias nos pés
Revestidas de amáveis beija-flores.
Eles a levam pelo ar e ela lhes dá seu mel
E assim trazida, vai num sonho de cordel
Vencer o céu e suas dores com desejos de donzela,
Um doce néctar a medrar de seus amores,
A descer por suas pernas belas
Aonde vem os colibris tão beijadores
Fartarem-se do gozo dela...
Eu a vi, eu a amei.
Eu a protegi e ainda a protegerei
Em seu alçado vôo de buscas
A vencer mágoas e dores
E a entender quem ela é!

2 comentários:

Portal de Avalon disse...

Não resisti...

Digamos assim...peguei emprestado para meu blog...
ah, claro...com os devidos direitos autorais..rsss...beijos

Anônimo disse...

Como é grande e infinita a minha saudade de voce...
Uma saudade que não tem fim...

Pra sempre Beija Flor***